Sofia Vieira deixa futsal


Depois de ter despontado para o futsal ao serviço do Benfica, clube a que esteve ligada durante quatro temporadas, e de, nos últimos dois anos ter brilhado ao serviço das espanholas do Móstoles, Sofia Vieira vai abandonar a modalidade para ingressar na equipa de futebol feminino do Atlético de Madrid.
O futebol não é novidade para a jovem natural de Rio Maior, que é uma presença regular na Selecção Nacional "A", tendo já vestido vestido a Camisola das Quinas por 34 vezes. "Para começar no futebol, esta é uma boa opção, por causa da Selecção, porque no futsal a competição não pára e é difícil integrar os trabalhos", afirmou em declarações à Agência Lusa.
"O Atlético de Madrid é um clube grande, que vai exigir muito de mim, ainda mais porque venho do futsal. Não é um clube que lute pelo título, mas estou muito entusiasmada com esta oportunidade e espero ajudar a levá-lo a um patamar mais alto", confessou a jovem de 21 anos, que vai ainda frequentar o terceiro ano do curso de Ciências da Actividade Física e do Desporto, na Universidad Autónoma de Madrid.
Esta é sem dúvida uma grande perda para o futsal feminino português, que continua a lançar grandes talentos, nem sempre bem aproveitados em prol da modalidade.


In:http://www.blogger.com/post-create.g?blogID=5128078748003907501

1 comentário:

number 5 (jogadora) disse...

De facto é uma perda para o futsal feminino, uma vez que esta jogadora tem um talento notável. Aqui se vê a descredibilização que o futsal feminino tem em Portugal, que obriga as atletas com voôs mais altos, a procurar outras paragens fora do país, porque o mesmo não lhe oferece mais valias e um futuro promissor na modalidade. Fica o desejo que a Sofia se consiga integrar da melhor maneira na equipa em Madrid e que continue a brilhar em campo. Desejo-lhe o maior sucesso.
Fica também o desejo de que a FPF abra de uma vez por todas os olhos para o Futsal Feminino e dê o passo em frente que todas as atletas, treinadores, dirigentes e adeptos, desejam.