Guarda-redes Lala, do Jaguaré/Palmeiras, obtém recorde‏!!!

O futsal é conhecido por ser uma modalidade derivada do futebol, onde acontecem muitos golos. Isto porque a quadra é menor que um campo de futebol, fazendo com que os jogadores de campo estejam mais próximos da baliza adversária, podendo bombardear-la com mais facilidade.
E, com um número de atletas menor para bloquear os remates que cheguem perto das traves, o guarda-redes não tem uma vida nada fácil.
Sem dúvida, ser guarda-redes é difícil e nem sempre seu mérito é reconhecido. No entretanto, há vezes que não há como escapar, e o reconhecimento se faz necessário. Ainda mais quando o personagem não sofre golos por longos 203 minutos. Estamos a falar de Elaine Rocha Lima, a Lala, guarda-redes do Osasco/Jaguaré/Palmeiras/UniSant'Anna e da Seleção Brasileira de Futsal Feminino.
Sim, Lala ficou todos esses minutos sem sofrer um único golo, numa modalidade que cresce a cada dia entre as mulheres e cujo nível técnico está a aumentar ainda mais. Antigamente era até fácil passar uma partida sem levar golos, mas não nos dias de hoje, com tantas atletas de qualidade e equipas boas com condições de serem campeãs.
No clássico nacional do futsal feminino Lala bem que tentou, defendeu o quanto pode, mas teve a invencibilidade derrubada aos 13 minutos de jogo.
Nada de tristeza pelo fato. Afinal a guarda-redes nascida em Floriano (PI), que completará 23 anos no próximo dia 21/10, estabelecia o recorde de 203 minutos sem sofrer golos. E continuou a defender, auxiliando que o Osasco/Jaguaré/Palmeiras/UniSant'Anna conquistasse seu segundo título brasileiro em 2008.
O segredo? Muito trabalho, treino, persistência e fé. Lala é bastante alegre e brincalhona, sempre animando o ambiente nos planteis do qual fez parte, mas leva a sério o seu momento de oração. É em sua crença que a guarda-redes reúne forças para fechar a sua baliza. Mesmo diante de tão importante feito não esquece de agradecer em quem acredita, sempre colocando Deus em primeiro lugar, além de valorizar as colegas de equipa.
Assim ela declarou no auge da Olimpíada Universitária, após o jogo contra a ESMAC (PA): "primeiramente agradeço a Deus, por permitir isso. E consegui também porque tenho companheiras que me ajudam, disciplinadas na marcação".
"Santa" Lala conseguiu uma marca difícil de obter. No Mundial de Futsal Masculino da FIFA o guarda-redes Tiago, do Brasil, até chegou perto, mas seus 188 minutos não foram suficientes para ultrapassar a guarda-redes alviverde.
Contudo sabemos que o futsal ainda carece de estatísticas padornizadas em caráter histórico, especialmente no feminino. Nos bancos de dados do futebol é muito fácil encontrar guarda-redes invictos e suas centenas, ou até milhares de minutos sem sofrer gols. Mas no futsal nada a respeito é encontrado.
Por isso, a equipa de Lala, o Jaguaré Esporte Clube propõe saudavelmente um desafio: "qual guarda-redes de futsal que passou mais tempo sem sofrer golos, ultrapassando assim a Lala? Quem souber de tal proeza envie o nome e o clube do atleta para o e-mail: futsaltotal19@hotmail.com. Vamos valorizar assim a modalidade que tanta gente pratica, mas que ainda não tem o espaço que merece.

2 comentários:

União Desportiva de São Mamede disse...

Dia 19 de Outubro pelas 16 horas na Escola Secundária D. Afonso Henriques (Vila das Aves).
As pupilas do Mister Pedro receberam a equipa do Alfenense.
Aproveitando o factor casa, e empolgado pelo seu público, o S. Mamede certamente fará o melhor para conseguir mais 3 pontos muito importantes para os seus objectivos.

Do outro lado uma equipa muito experiente e com muitos anos nestas andanças.

Vai ser um bom jogo!

Por isso mais uma vês, peço a todos aqueles que gostam desta modalidade, que gostem de uma boa partida de futsal, para comparecerem amanha (19 de Outubro) na Secundária D. A. Henriques.

Com maiores cumprimentos da U. D. S. Mamede.

implacável disse...

http://implacavel-olhovivo.blogspot.com/
divulguem por favor